Comércio do Rio espera vender 3% mais no Dia dos Namorados

Rosen mit Herz / roses and heart shapeRoupas esportivas, principalmente camisas e artigos alusivos a Copa do Mundo, agasalhos de frio, calçados (tenis), bolsas e acessórios, joias e bijuterias, perfumes, lingerie, smartfone, tabletes, celulares e produtos de beleza devem ser os presentes mais vendidos no Dia dos Namorados, data mais importante para o comércio, atrás apenas do Natal e do Dia das Mães. A expectativa dos lojistas é de um aumento de 3% nas vendas em relação ao ano passado.

É o que mostra a pesquisa Expectativa de Vendas para o Dia dos Namorados, realizada entre os dias 12 e 19 de maio pelo Centro de Estudos do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro – CDLRio, que ouviu cerca de 500 lojistas.

Aldo Gonçalves, presidente do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro – CDLRio, disse que mesmo com essa expectativa de crescimento os lojistas acenderam a luz amarela. Mesmo sendo a terceira data comemorativa mais importante para o comércio, atrás apenas do Natal e do Dia das Mães, o setor está preocupado com o atual momento da economia. Alem disso a data coincide com o primeiro jogo do Brasil na Copa do Mundo. Tudo isso colabora para um consumo mais baixo, diz Aldo. “No Rio, para estimular os consumidores os lojistas estão investindo em kits promocionais e facilidades de pagamento. Mesmo assim estamos sentindo o movimento mais fraco do que no ano passado. Não é alarmante, mas já estamos com sinal amarelo ligado”, conclui.

Segundo a pesquisa, os lojistas também estimam que o preço médio dos presentes por pessoa deve ser de cerca de R$ 120,00 e que os clientes deverão utilizar o cartão de crédito parcelado como forma de pagamento, seguido do cartão de débito, cheque parcelado, a prazo (crediário) e dinheiro.

Outro dado levantado pela pesquisa é que as mulheres são as que mais presenteiam e a preferência pela compra na loja é maior do que pela internet.

Em relação às vendas conforme a localização dos estabelecimentos comerciais as lojas do Centro (+36,8%) serão os que mais venderão, seguidas da Zona Sul (+26,3%), Zona Norte (+21,1%) e da Zona Oeste (+15,8%).

Comércio do Rio espera vender 3% mais no Dia dos Namorados
Compartilhe:
FacebooktwitterredditpinterestlinkedinmailFacebooktwitterredditpinterestlinkedinmail