Comércio carioca deve contratar 25 mil temporários para o fim do ano

Loja_1O comércio lojista da cidade do Rio de Janeiro deverá contratar cerca de 25 mil empregados temporários para trabalhar nas festas de fim de ano e durante o verão, um aumento de 1,8% em relação a 2013, segundo pesquisa realizada pelo Centro de Estudos do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro – CDLRio. A estimativa reflete o otimismo dos lojistas para as festas de fim de ano e o verão. O comércio varejista emprega mais de 350 mil trabalhadores dos 450 mil de todo o segmento comercial no Rio de Janeiro.

“Esse resultado aponta dois motivos. O primeiro é que, ao longo do ano, o comércio passou por ajustes e essas contratações são uma forma de repor os postos de trabalho. O outro motivo reflete o fato de que o Natal é a maior data comemorativa para o comércio e também precede a alta temporada do verão, que é a estação mais importante para a economia carioca, quando a cidade recebe um grande número de turistas do país e do exterior. A combinação desses dois fatores, associada ao otimismo que é a marca do Natal para o comércio, motivaram essa estimativa de crescimento do número de empregos temporários”, diz o presidente do CDLRio, Aldo Gonçalves.

Ele disse também que o comércio do Rio de Janeiro deve apresentar no acumulado do quarto trimestre um crescimento de 4%. “Isso não só pelo pagamento da segunda parcela do 13º, mas também devido à ampliação do turismo na cidade e a atratividade da festa de reveillon”.

A pesquisa revelou que, das 400 empresas consultadas, 70% pretendem contratar funcionários temporários para esse período. A faixa etária predominante para o recrutamento é entre 18 e 27 anos. Das vagas a serem oferecidas, 85% serão para vendedores e 15% para operadores de caixa.

Um dos resultados mais interessantes da pesquisa se refere à possibilidade de efetivação dos funcionários temporários que deverão ser admitidos neste final de ano. Mais de 60% dos empresários consultados informaram que há a possibilidade de efetivação.

Participaram da pesquisa empresas dos segmentos de modas masculina e feminina, adulto e infantil, calçados e couros, joias e bijuterias, óticas, eletroeletrônicos, papelarias, móveis e brinquedos.

Comércio carioca deve contratar 25 mil temporários para o fim do ano
Compartilhe:
FacebooktwitterredditpinterestlinkedinmailFacebooktwitterredditpinterestlinkedinmail