Dados do comércio para abril de 2015

Esta semana, 15/06, o IBGE divulgou os dados da Pesquisa Mensal de Comércio para o mês de abril.

O volume de vendas do comércio varejista no período de janeiro a abril de 2015, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, mostrou uma queda no Brasil de -1,5%. No Estado do Rio de Janeiro, este resultado foi um pouco melhor, com um crescimento de 0,6%. Os itens que mais influenciaram a queda no Brasil e a desaceleração no Rio foram móveis e eletrodomésticos, com uma queda no Brasil de -8,9% e no Rio de Janeiro de -9,1%. Isto mostra um quadro em que as pessoas estão evitando se endividar, seja pelas incertezas existentes, seja pela elevação da taxa de juros.

O mês de abril de 2015 mostra uma deterioração do cenário econômico, com uma queda do volume de vendas no Brasil de -3,5% e no Rio de Janeiro de -3,9%, conforme tabelas, anexas.

Neste cenário em que já ocorre uma desaceleração da demanda é razoável o Banco Central continuar elevando as taxas de juros?

Além deste aspecto, lembro que a inflação pelo IPCA está em elevados 8,47%, mas após o forte impacto dos reajustes de tarifas públicas no início deste ano, o índice de inflação medido pelas principais instituições do país tem apresentado queda. O IPCA saiu de uma taxa de inflação de 1,24%, em janeiro de 2015, para uma taxa de inflação de 0,74% em maio de 2015. O IGP-DI, da Fundação Getúlio Vargas-FGV, saiu de 0,67% para 0,40%. O IGPM/FGV saiu de 0,76% para 0,41%, e o índice calculado pela USP saiu de 1,62% para 0,62%, conforme tabela de inflação, em anexo.

Por último, é importante lembrar o forte impacto que a elevação da taxa SELIC tem no gasto fiscal. Alguns analistas, como Amir Khair, articulista do Jornal Estado de São Paulo, já apontam que o gasto fiscal adicional gerado pela elevação da taxa de juros deverá ter um volume superior à economia que o Ministério da Fazenda tem feito cortando gastos públicos.

  Mauro Osorio – Economista e consultor do CDLRio

Dados do comércio para abril de 2015
Compartilhe:
FacebooktwitterredditpinterestlinkedinmailFacebooktwitterredditpinterestlinkedinmail