Inflação – Ano de 2015

O índice oficial de inflação (IPCA), após um início de ano com forte elevação, pela atualização de tarifas públicas, com uma inflação nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2015 de respectivamente 1,24%, 1,22% e 1,32%, passou a apresentar uma tendência de queda. Isto ocorreu principalmente a partir de junho de 2015. Nos meses de junho, julho e agosto de 2014, a inflação foi de respectivamente 0,79%, 0,62% e 0,22%. Em 12 meses, até agosto de 2015, a inflação medida pelo IPCA está em 9,53%.

De acordo com o Boletim Focus do Banco Central, a previsão do mercado financeiro privado para a inflação de 2015 é de 9,53% e para 2016, 5,94%.

O nível de incerteza na economia brasileira no momento é elevada. Hoje, o dólar fechou valendo R$ 3,901, após ter atingido um valor um pouco superior a R$ 4,00.

Nos últimos 12 meses, o preço do dólar apresentou uma elevação em torno de 60%. Até o momento, as empresas têm repassado apenas uma pequena parcela desse reajuste para os preços, tendo em vista a recessão no país. Entendemos que, se o dólar permanecer até o final do ano de 2015 e, em 2016, oscilando na faixa entre R$ 3,50 e R$ 4,00, a tendência é de que a atual previsão de inflação para 2015 e 2016 venha a se confirmar.

A trajetória de inflação em 2016 irá depender também da evolução política e fiscal do país.

Confira os dados da tabela:

  Mauro Osorio – Economista e Consultor do CDLRio

Inflação – Ano de 2015
Compartilhe:
FacebooktwitterredditpinterestlinkedinmailFacebooktwitterredditpinterestlinkedinmail