Dia do Comerciante

Comerciante_blogOs fenícios foram responsáveis pela formação do ato de comerciar. Qualquer porto onde os magníficos barcos fenícios atracassem logo se transformava em fervilhante mercado. Os fenícios foram os negociantes por excelência da Antiguidade.

Do comércio de produtos, germinou o comércio de ideias!

O Dia do Comerciante surgiu para homenagear José Maria da Silva Lisboa, mais conhecido por Visconde de Cairu, o Patrono do Comércio Brasileiro.

O Visconde de Cairu foi o responsável pela criação das primeiras leis que beneficiariam o comércio brasileiro, que antes era totalmente dependente de Portugal.

Uma das suas principais ações foi aconselhar o rei português D. João VI a assinatura da Carta Régia de 28 de Janeiro de 1808, abrindo os portos brasileiros ao comércio exterior.

O tempo foi passando e as técnicas mercantis se aperfeiçoaram; o uso de letra de câmbio, que dispensava o transporte de dinheiro, se generalizou. Surgiu a associação de mercadores, similar às sociedades modernas. Os comerciantes descobriram métodos de aumentar a eficiência e reduzir os custos para sobreviverem. No mundo atual, vemos que a compreensão das atividades comerciais abrange um universo cada vez maior de fatores e variantes.

Ser comerciante (lojista) é, sem dúvida, sentir o pulsar da realidade, na sua loja, sempre de portas abertas ao povo. O comércio é um grande impulsionador da sociedade e para o Comerciante, coragem, empreendedorismo, criatividade, inovação e vencer desafios são a meta!

Comerciante, obrigado por nos deixar ajudá-lo a perseguir o objetivo de servir cada vez com mais qualidade o público consumidor. Juntos, continuemos trabalhando pelo desenvolvimento econômico e social de nossa Cidade.

Comerciante, parabéns pelo seu dia!
Dia do Comerciante
Compartilhe:
FacebooktwitterredditpinterestlinkedinmailFacebooktwitterredditpinterestlinkedinmail