Consumidor pode ter descontos de até 80% renegociando dívidas

mutirao_0516Mutirão do CDLRio e do Procon Estadual será sexta-feira (4/11), no Largo da Carioca

Com o fim do ano chegando, o consumidor se prepara para colocar as contas em dia e ir às compras. Pensando nisso, o Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro – CDLRio e o Procon Estadual, com o apoio do Sindicato de Lojistas do Comércio do Rio de Janeiro – SindilojasRio, vão realizar mais um grande mutirão de atendimento ao consumidor para a renegociação de dívidas, reunindo 19 empresas de redes varejistas, bancos, operadoras de telefonia e tv a cabo, e concessionárias de serviços públicos. Os descontos podem chegar até a 80%, variando de acordo com cada caso e cada empresa.

Na ocasião, os consumidores também poderão resolver outros problemas ligados às relações de consumo e consultar, gratuitamente, como está a situação de crédito no Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). O evento acontece nesta sexta-feira, dia 4, das 9h às 17h, em um amplo espaço montado no Largo da Carioca.

A expectativa do CDLRio e do Procon Estadual é contribuir para reduzir o nível de endividamento dos consumidores e movimentar a economia, aproveitando a proximidade de importantes datas para o comércio, como a Black Friday (25/11) e o Natal. Uma pesquisa do SCPC apontou que, em setembro, o índice de inadimplência no comércio carioca cresceu 2,8% em relação ao mesmo mês do ano passado, sendo o maior registrado em 15 anos. No mesmo período, as dívidas quitadas diminuíram 2,5%. Diante deste quadro, o presidente do CDLRio, Aldo Gonçalves, avalia que o mutirão é uma excelente oportunidade para os consumidores renegociarem suas dívidas diretamente com os credores, com transparência e em condições mais favoráveis. “O mutirão é uma boa chance p ara quem quer sair do cadastro de inadimplentes e recuperar o seu crédito, afirmou, acrescentando que é “uma ação salutar para as empresas e para o consumidor, principalmente neste momento de crise.”

Vão participar do mutirão as redes de varejo CNova e Via Varejo (que representam as lojas Extra, Casas Bahia e Ponto Frio e seus sites); as concessionárias de serviços públicos CEG, Ampla e Light; a Cedae; as operadoras de telefonia Claro, Embratel, Nextel, Oi, TIM e Vivo; a operadora de TV por assinatura Net; e os bancos Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, Banco do Brasil e Santander. A coordenadora de Atendimento do Procon, Soraia Panella, explica que, no caso dos bancos, não serão atendidos casos envolvendo dívidas relativas a financiamentos de imóveis e veículos, nem de débitos em geral com atraso de até 60 dias. Ela disse que estes casos podem ser renegociados nas agências dos bancos ou nos postos de atendimento do órgão.

O consumidor que quiser aproveitar o mutirão deve levar documentos pessoais (identidade, CPF e comprovante de residência) e os documentos relativos ao problema que quer resolver, como comprovantes das compras ou contas.

Como a maior parte da estrutura de atendimento da sede do Procon estará no mutirão do Largo da Carioca, no dia 4 os consumidores devem evitar ir ao posto localizado na Avenida Rio Branco.

Este é o terceiro mutirão de renegociação de dívidas e conciliação realizado pelo Procon Estadual e pelo Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro neste ano. No último, foram prestados quase 2.500 atendimentos. A ação conjunta é realizada desde 2013.

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016
Das 9h às 17h
Largo da Carioca

Consumidor pode ter descontos de até 80% renegociando dívidas
Compartilhe:
Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailFacebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail