Blocos de Rua Animam as Vendas do Comércio Carioca

Os lojistas estão animados com o movimento nas lojas especializadas em produtos para o Carnaval, principalmente pelo grande número de foliões dos cerca de 500 blocos de rua que vão desfilar pelos bairros da cidade e que não exigem fantasias padronizadas. A expectativa do comércio carioca é de um incremento de 1,5% nas vendas até o fim do carnaval em relação ao ano passado. É o que mostra a pesquisa do Centro de Estudos do Clube dos Diretores Lojistas do Rio de Janeiro – CDLRio, que ouviu 400 lojistas da Cidade do Rio de Janeiro entre os dias 21/01 a 04/02 de janeiro para conhecer a expectativa de venda de produtos para o Carnaval.

Segundo os lojistas adereços e fantasias, tecidos, bermudas, shorts, camisetas, linha de praia (biquíni, maiô, chapéus e saídas de praia), sandálias, chinelos e tênis são os produtos que deverão ser mais vendidos. O preço médio das compras será em torno de R$ 100,00 e os clientes devem utilizar o cartão de crédito parcelado como forma de pagamento, seguido de cartão de loja, dinheiro, cartão de débito, cheque e crediário.

De acordo com Aldo Gonçalves, presidente do Clube dos Diretores Lojistas do Rio de Janeiro – CDLRio, as vendas de produtos para o Carnaval devem contribuir para o total das vendas no mês de fevereiro (já que esse ano o carnaval cai logo no início de março). “O que tem colaborado significativamente para o aumento das vendas de produtos para o carnaval são os blocos de rua (cerca de 500 segundo a Prefeitura), que não exigem fantasias padronizadas”, diz Aldo.

A pesquisa mostra também que os lojistas estão apostando na promoção, pagamento facilitado, descontos e kit promocionais como forma de estimular as vendas.

Blocos de Rua Animam as Vendas do Comércio Carioca
Compartilhe:
Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailFacebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail